A fé moldada pela emoção




Por: Lays Rosado

Perigo de morte, começo com essas palavras tão duras mais que são tão verdadeiras quanto as batidas do seu coração. Vivemos em uma geração onde a  sua fé é movida pela emoção de tal forma,  que ela se deixa levar por situações onde pensam que estão vivendo uma vida plena com Deus. Estamos vivendo em perigo eminente, perigo que facilmente nos leva a morte espiritual.

Essa montanha russa de emoções em relação a nosso relacionamento com Cristo nos faz ir a lugares tão profundos e obscuros, ao mesmo tempo em poucos instantes se sentir em plena plenitude com Deus. Lendo o livro de salmos pude observar bastante as emoções de Davi e como ele se portava diante de Deus, pude notar que realmente Davi era um homem segundo o coração de Deus, não importava o seu estado emocional, ele almejava viver o que o Criador tinha para ele.

Então você me pergunta qual o nosso problema? Com toda certeza vou dizer que é liberação desenfreada de emoções que não estão ao molde de Cristo, emoções tais que nos afogam tão facilmente que quando percebemos estamos à beira da morte, quase sem ar, na UTI espiritual. No livro de salmos vemos lamentações, pedido de socorro, louvores, adoração, desespero, dor, alegria e todo tipo de emoção da parte de Davi perante Deus, mas uma coisa que não vemos em Davi é Ele se afastar do seu Senhor.

Em  Salmos 86:1-7 diz:
Inclina, SENHOR, os teus ouvidos, e ouve-me, porque estou necessitado e aflito. Guarda a minha alma, pois sou santo: ó Deus meu, salva o teu servo, que em ti confia. Tem misericórdia de mim, ó Senhor, pois a ti clamo todo o dia. Alegra a alma do teu servo, pois a ti, Senhor, levanto a minha alma. Pois tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para todos os que te invocam. Dá ouvidos, Senhor, à minha oração e atende à voz das minhas súplicas. No dia da minha angústia clamo a ti, porquanto me respondes.

Dessa maneira posso afirmar que nossas emoções nos afastam de Deus pelo simples fato de não entendermos quem é o Deus que servimos, não conseguimos contemplar a sua grandeza e tudo o que o grande EU SOU é. Emoções com efeito montanha russa leva a nossa fé a um abismo que nunca encontramos o fim desse infinito buraco. E essa queda só nos traz dúvida.


A dúvida corrói a alma, ela despedaça tudo que um dia foi construindo, não importa o quão forte é a construção. Quando você começa a duvidar das mãos poderosas do seu Deus, o declínio espiritual chega à sua porta e sorri ironicamente, o sarcasmo é a sua primeira parceira, é com ele que as coisas de Deus se tornam superficiais para você. O que era errado, não é tão mais errado assim, o que importava não importa mais.

Problemas emocionais, emoções mal desenvolvidas, a falta do autocontrole emocional são transtornos que te leva a uma estrada com caminho totalmente oposto a salvação. Como qualquer pessoa, as emoções fazem parte de sua existência, a questão é como você lida com ela. Sentir é essencial para nosso relacionamento com Deus, mas o sentir e confiar independente de qualquer situação é outra coisa totalmente diferente. Você não deve depender das circunstâncias para confiar em Deus.

A emoção está ligada a nosso âmbito, e ela muitas vezes determina o resultado da equação ação/reação no nosso dia a dia. Podemos então ter resultados catastróficos ou o melhor possível para aquela situação e isso só depende de como você, o responsável por ela, está em Cristo.
A fé moldada totalmente por emoções momentâneas é como o carrinho da montanha russa a toda velocidade, em alguns momentos está no lugar mais alto, onde as emoções dominam e o prazer é momentâneo, afinal o céu está tão próximo, de repente descarrilha para baixo e mergulha em direção ao concreto e o agora o desespero e o medo tomam conta.

Quem vive uma fé totalmente emocional não consegue equilibrar a sua vida espiritual, um dia está vivendo em plena satisfação em Cristo e no outro se sente tão longe dEle que o vazio toma conta e o não sentir se tornou sua verdade. Sentimentos opressivos, ansiedade tomam conta e um relacionamento que era tão real a poucos instantes se despedaçou como vidro quebrado em tantos pedaços, visivelmente não há nenhuma possibilidade de restaurar.

Pouco tempo se passa e o ‘’primeiro amor’’ volta com força total, afinal a emoção vive de altos e baixos, claro que em alguns momentos a ‘’plenitude’’ do seu relacionamento frágil com Deus volta com força total e o sentimento de satisfação em Deus domina, até você pegar a montanha russa novamente e acontecer tudo de novo. Um ciclo vicioso de emoções se instalou. Sim, essa é a igreja que vivemos hoje, essa mesma igreja que faz parte do ‘’corpo’’ de Cristo, uma igreja que faz do arrependimento seu carrinho de emoções que nunca obteve freio.

Se arrepender é deixar seus maus caminhos e não fazer novamente, será mesmo que a igreja que se diz cheia do Espírito Santo, que vemos o mover nas reuniões para louvar a Deus, está  vivendo só momentos de grande comoção emocional ou estão realmente movidas pelo Espírito de Deus?
De maneira nenhuma uma igreja que pratica tal coisa irá alcançar o céu. A igreja é você!  Sim você é a igreja que está constituída na terra desde o momento que levantou sua mão e aceitou o Senhor Jesus como seu Salvador. Como você tem lidado com suas emoções, esse é o tipo de pergunta que deveríamos fazer todos os dias. A auto depreciação, a inferioridade e qualquer outra coisa não pode interferir na sua comunhão com o Pai. 

A única saída da igreja para essa situação é aprender com Cristo a moldar suas emoções, não que você irá parar de sentir alguma delas, mas saberá lidar quando elas fluírem em você. Isso se chama confiança, é o que Jesus espera de nós. Confiar nEle é estabelecer uma constância na fé, é evoluir na graça, é subir na escada em direção a verdadeira intimidade com o Pai, o declínio espiritual não faz mais morada. Assim como Davi confiava em Deus acima do que ele estava sentindo ou vivenciando, você deve confiar igreja. Não viva por emoções, viva por fé!


Política de privacidade

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site

My Instagram