O plano da Salvação


Por: Lays Rosado|

O plano de salvação em Cristo Jesus é resumido em um dos versículos mais conhecido da bíblia que diz: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna, João 3:16. A bíblia é um livro escrito por um criador apaixonado pela sua criação, de um Pai que ama seus filhos, de um irmão que fez de tudo para salvar seus irmãos, de um amigo que se sacrificou, de um intercessor que geme todos os dias por amor a você.
Um amor eterno que criou um plano perfeito envolvendo a trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, um divido em três, cuidando de cada um de nós. Depois de tantas idas e vindas a procura de algo que completasse nosso ser ao ouvir sobre Jesus, nossos olhos começam a enxergar outra realidade, uma que sempre esteve ali, mas nos recusávamos a aceitar.
A cada palavra, a cada hino, a cada canção, a cada leitura bíblica,  a cada verdade que escutamos sobre Jesus, nosso entendimento se abre para uma verdade que completa o nosso vazio. Mesmo assim, o medo ainda é um adversário enorme. Ele quer nos paralisar, a renúncia brinca com nossa capacidade de executá-la, começamos a achar que não somos merecedores de tanto amor, na verdade não somos, mas Ele se doou por amor. Então nossa autoestima cai ladeira a baixo, mesmo assim tem uma voz desesperada, gritando no volume mais alto, dentro de nós, e ela diz: "não tenha medo, não desista, aceite esse amor.
Nesse momento nos deparamos com o maior impasse de nossas vidas, essa decisão mudará nossa história eternamente. 
Quando lemos um texto, escutamos alguém falar do amor de Cristo ou ouvimos o apelo do pastor para aceitar Jesus, milhões de pensamentos e sentimentos fluem pelo nosso corpo. Mesmo assim conseguimos sentir a presença de algo sobrenatural a nossa volta, esperando só a nossa decisão para tomar conta dentro de nós. É Jesus batendo na porta do nosso coração pedindo permissão para entrar. Ele não invade as nossas vidas, assim como Ele se doou por nós, Ele deseja que nós venhamos nos entregar a Ele, e a decisão é inteiramente nossa.
Apesar dessa sensação maravilha e daquela voz dizendo para aceitarmos esse amor, existe outra voz, a sua própria voz lhe dizendo que: "você não merece, que já errou demais, que você não tem salvação, que você não vai conseguir, que é perca de tempo, que é melhor você ficar como está, fala que você é fraco(a), que gosta do pecado..."
E sabe de uma coisa, essa voz pode até falar algumas verdades, mas ela está enganada! Quando aceitamos a Jesus, nosso passado é apagado, ele não conta o tempo da ignorância, somos nova criatura e você sabe disso.  Agora a decisão é sua, aceita o amor de Jesus ou não?

Este é o segundo de uma Série de Textos da Colunista Lays Rosado, "Ele me amou primeiro".


Política de privacidade

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site

My Instagram