Cristo deve ser a nossa suficiência



Por: Ádila Paixão - 

“Antes que o galo cante hoje, me negarás três vezes”. Essas foram as palavras que Jesus falou a Pedro!

A palavra negarás vem do verbo negar significa: afirmar que uma coisa não existe ou não é verdadeira. E foi isso que Pedro fez:
“Ora, Pedro estava assentado fora, no pátio; e, aproximando-se dele uma criada, disse: Tu também estavas com Jesus, o galileu. Mas ele negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes. E, saindo para o vestíbulo, outra criada o viu, e disse aos que ali estavam: Este também estava com Jesus, o Nazareno. E ele negou outra vez com juramento: Não conheço tal homem. E, daí a pouco, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Verdadeiramente também tu és deles, pois a tua fala te denúncia. Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou. E lembrou-se Pedro das palavras de Jesus, que lhe dissera: Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente”. (Mateus 26:69-75)
Pedro negou a Jesus três vezes. Já parou para refletir quantas vezes temos feito isso?
Você pode se questionar e dizer que nunca fez isso, pois reconhece quem Ele é! Mas a questão não é apenas reconhecer porque há várias maneiras de negarmos a Cristo. No caso de Pedro, ele o fez afirmando não conhecê-lo, nas horas dos questionamentos.
Porém, quando cometemos pecado, nos afastamos do ensino de sua palavra e deixamos a comunhão diária, estamos negando a Cristo! O “engraçado” é que perdemos as contas de quantas vezes fazemos isso e achamos que negar é somente não confessar.

O versículo acima nos relata que quando Pedro se recordou das palavras de Jesus e chorou amargamente, ou seja, um choro de arrependimento, naquele momento ele tinha consciência da blasfêmia que cometeu. Não podemos esquecer que ele foi alertado pelo Senhor.

O mesmo acontece conosco, quando estamos perto de errar o Espirito Santo nos avisa, não damos ouvidos e caímos no erro. É preciso se arrepender e estar disposto a mudar, contudo Cristo deve ser a nossa SUFICIÊNCIA ou nosso propósito será em vão.
Em 1 João 3:6 diz que “Qualquer que permanece nEle não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu”.
Devemos nos inclinar em oração a cada dia e nos firmar nas verdades de Cristo!

My Instagram