Como ser um Cristão bem-sucedido


Por: Vinicius Maciel

Em um mundo competitivo o desempenho de um individuo, em qualquer área ou função, é fundamental para o sucesso, ou não, em sua atuação.

Ser destaque, no capitalismo, significa estar a frente do outro, ter vantagem. Mas para o cristão é diferente. Embora seja necessário estar bem posicionado no mercado de trabalho, o foco do cristão deve ser sempre Deus. 
 

Sem desmerecer as questões trabalhistas e direitos do empregado e empregador, nós enquanto filhos de Deus devemos fazer tudo com perfeição, esperando sempre a recompensa de Dele. Isso nos mantém íntegros, e bem posicionados no mundo espiritual e físico, dispensando a competitividade direta, com o outro, tornando o  nosso crescimento absolutamente natural em sincronia o nosso desempenho. 

E tudo quanto fizerdes, seja por meio de palavras ou ações, fazei em o Nome do Senhor Jesus, oferecendo por intermédio dele graças a Deus Pai. (Colossenses 3:7)

Dai graças em toda e qualquer circunstância, porquanto essa é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." (1 Tessalonicenses 5:18)

E isso diz respeito também as obras para o reino. Quando nos colocamos à disposição de uma obra de forma voluntária, devemos trata-la com a mesma, ou maior, prioridade de um emprego. Pois se entendemos que a recompensa dos nossos esforços vem de Deus, nós o reconhecemos como Senhor, e o tratamos com respeito, buscando sempre fazer o melhor. 

Talvez não conseguiremos chegar a perfeição, mas esse esforço ofertado ao Senhor, faz-nos ter um relacionamento ainda mais intenso com Ele, e abrimos mais uma porta para Jesus em nossas vidas, que estará presente em nosso dia-a-dia

Política de privacidade

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site

My Instagram