Tenha fé na presença de Deus




Por: Vinícius Maciel

Bem na minha estreia como colunista resolvi falar de fé, pois é o que tenho buscado a cada dia em oração. Antes de tudo gostaria de agradecer a sua presença aqui lendo este texto. Da minha coluna pode esperar textos sempre com base bíblica, pois nada vem de mim e não tenho mérito algum.

Voltando a falar de fé, inicio o texto com a seguinte passagem bíblica:

Mateus 8: 5. Tendo Jesus entrado em Cafarnaum, chegou-se a ele um centurião que lhe rogava, dizendo: 6. Senhor, o meu criado jaz em casa paralítico, e horrivelmente atormentado. 7. Respondeu-lhe Jesus: Eu irei, e o curarei. 8. O centurião, porém, replicou-lhe: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado; mas somente dize uma palavra, e o meu criado há de sarar. 9. Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz. 10. Jesus, ouvindo isso, admirou-se, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que a ninguém encontrei em Israel com tamanha fé. 11. Também vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e reclinar-se-ão à mesa de Abraão, Isaque e Jacó, no reino dos céus; 12. mas os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes. 13. Então disse Jesus ao centurião: Vai-te, e te seja feito assim como creste. E naquela mesma hora o seu criado sarou.

Nesta passagem do capítulo 8 de Mateus, a fé mostra-se superior  a matéria física.
O centurião naquele momento creu na autoridade de Jesus sobre as enfermidades e isso bastou. A sua fé foi tão grande que não precisou materializar.  E jesus se alegrou.

No cotidiano somos convidados a atrair a presença de Deus. Deus está presente em nós se buscarmos a ele, e isso independe de sinais.

É importante ressaltar isso, pois nos viciamos no prazer de sentir a sua presença e ignoramos o fato da verdade dele sobre nós. Ele está conosco ainda que o nosso corpo não sinta. Isso é fé e alegra o coração de Deus.

As campanhas nas igrejas são válidas pois temos o nosso momento de fraqueza, e faz-se necessário um certo impulso. Só é preciso tomar cuidado para que não venhamos a crer no ato da fé e sim em Deus.

Precisamos centralizar Deus do jeito certo, na raiz. Para que não sejamos como aqueles que constroem sobre a areia a mercê de qualquer vento.

"Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha.
Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha.
Mas quem ouve estas minhas palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa sobre a areia.
Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela caiu. E foi grande a sua queda". Mt (7 :24-27).

Política de privacidade

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site

My Instagram